pinnacle

Home > Marisa Liz, Fado Bicha, Sara Correia, Morelenbaum e David Fonseca na Casa da Criatividade
Marisa Liz, Fado Bicha, Sara Correia, Morelenbaum e David Fonseca na Casa da Criatividade
Time:2020-09-01
Views:1239

pinnacle

  
LIVE      

Marisa Liz, Fado Bicha, Sara Correia, Morelenbaum e David Fonseca na Casa da Criatividade

pinnacle

Marisa Liz, Fado Bicha, Sara Correia, Morelenbaum e David Fonseca na Casa da Criatividade

Geridas pela Câmara Municipal de São João da Madeira, essas duas salas do distrito de Aveiro e da Área Metropolitana do Porto irão também receber concertos de Sam The Kid, Janita Salomé e Paulo de Carvalho, e espetáculos com João Baião e Sara Barros Leitão, apostando assim num programa anual que inclui diferentes estilos musicais, teatro, dança, cinema, propostas específicas para o público infantil e projetos desenvolvidos com a comunidade local.

A programação de 2024 dá especial atenção ao 50.º aniversário do 25 Abril e o presidente da autarquia, Jorge Vultos Sequeira, realçou que a celebração dessa efeméride será “transversal a várias atividades promovidas pelo Município”, no que o objetivo é “lembrar a importância da defesa da democracia e da liberdade num momento em que surgem movimentos radicais extremistas que ameaçam as conquistas da Revolução dos Cravos”.

Marisa Liz vai apresentar a 31 de maio o espetáculo “Girassóis e Tempestades”, a dupla Fado Bicha atua a 12 de junho para ultrapassar “algumas das barreiras rígidas do fado tradicional” e Sara Correia estará em palco a 21 de setembro com um concerto sobre o disco “Liberdade”.

A brasileira Paula Morelenbaum, por sua vez, atuará a 09 de novembro com o Bossarenova Trio, que junta o pianista Ralf Schmid ao trompetista Joo Kraus, e David Fonseca subirá ao palco a 25 de outubro para revisitar 25 anos de carreira numa combinação de música, performance e cinema.

Sam The Kid estará em foco a 19 de outubro com Mundo Segundo, cruzando hip-hop de Chelas e Gaia; Janita Salomé protagonizará o 25 de Abril em quarteto, harmonizando sonoridades alentejanas com letras de poetas nacionais; e Paulo de Carvalho será o convidado do Dia Mundial da Poesia, assinalando a 21 de março os 50 anos da Revolução – que teve numa das suas canções a senha que, através da rádio, deu início ao golpe militar.

Uma novidade da programação 2024 é o ciclo “Modern Classic”, que levará ao palco artistas cuja formação erudita foi sujeita a uma “reinvenção sonora”. Na sua edição de estreia, o ciclo dará a conhecer a 27 de setembro a pianista finlandesa Julia Andersson – cujas composições são descritas como “meditativas, instigantes e profundamente comoventes” – e no dia seguinte a cantora dinamarquesa Ea Wim – cujo primeiro disco evoca amor e doença, enquanto o segundo se faz com canções “mais lúdicas e desafiadoras”.

Quanto a músicos emergentes, a aposta é em nomes como o de Milhanas, que compõe fados com arranjos de rap e eletrónica; o da cantora brasileira de origens indígenas Tainá, que estudou música à revelia da família, trabalhando na escola para pagar o seu curso; e o duo de guitarras Miramar, formado por Frankie Chavez e Peixe.

Já entre as várias propostas de teatro para 2024, destacam-se três: a 24 de março “Monólogo de uma criada chamada Maria com a sua patroa”, escrito, encenado e interpretado por Sara Barros Leitão, com base numa pesquisa aos arquivos do primeiro sindicato de Serviço Doméstico em Portugal; a 21 e 22 de junho a comédia “Feliz Aniversário”, com João Baião e Heitor Lourenço; e 05 de julho a revisitação dos “Novos Monólogos da Vagina”, com Joana Amaral Dias, Maria Sampaio e Sofia Baessa.

Na dança, o cartaz de São João da Madeira integra o espetáculo “Amaramália”, pela Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, e “Mama”, concebido pela coreógrafa e bailarina Mafalda Deville a partir de uma investigação sobre os conflitos emocionais e sociais da maternidade juvenil.

Mileide Mihaile participa de ensaio da Grande Rio e mostra decotão

Mileide Mihaile participa de ensaio da Grande Rio e mostra decotão

Nesta terça-feira (30), Mileide Mihaile participou de um ensaio técnico da Grande Rio, no Rio de Janeiro. Musa da escola, a influenciadora digital usou um maxicolar e abusou do decotão para sambar muito no aquecimento para o .

Mileide Mihaile — Foto: Ygor Marques

Para a noite, Mileide escolheu um look verde metalizado, uma criação do estilista sergipano Divaldo Viana. "Cada detalhe do visual foi pensado para transmitir elegância e, ao mesmo tempo, brilho, que combina com a energia única do Carnaval. Para mim, a escolha do figurino é uma parte crucial de todo o processo, algo que faço com muito carinho, pois cada peça conta uma parte da história que estamos prestes a contar na avenida", explica.

Mileide Mihaile posa em ensaio da Grande Rio — Foto: Ygor Marques

Ansiosa para estar na avenida, a influenciadora falou sobre a honra de estar representando a escola mais um ano e destacou a importância do samba-enredo, intitulado "Nosso destino é ser onça”, que mergulha nos mitos indígenas e simbologias relacionadas ao animal, representando uma homenagem à fauna brasileira e à força presente na cultura do país.

Mileide Mihaile — Foto: Ygor Marques

"Estou com muitas expectativas para o dia do desfile, porque é sempre uma emoção única. Representar a Grande Rio é uma honra renovada a cada ano. É mais do que uma apresentação, é uma celebração da nossa cultura e fico muito feliz por estarmos contando uma história tão bonita, tão profunda e significativa", declara.

Mileide Mihaile — Foto: Ygor Marques

+Escolha sua comunicação de notícias favorita. Clique aqui!

Marisa Liz, Fado Bicha, Sara Correia, Morelenbaum e David Fonseca na Casa da Criatividade

Previous:Cerimónia dos Grammys com Maria Mendes nomeada e a estreia Joni Mitchell em palco
Next:Câmara de Lisboa aprova cedência de edifício ao Hot Clube por 50 anos
related articles
pinnacle Mapa do site

1234